Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘verdade’ Category

Gostaria de conhecer mulheres de 18 a 50 anos, para uma amizade que se transforme em namoro, para futuro noivado e casamento.

whatsapp-image-2017-01-13-at-13-18-00

Procuro uma mulher carinhosa, gentil e educada, que goste de conversar. Que seja sincera, alegre e bem humorada, de bem com a vida.

Quero uma pessoa bem resolvida emocionalmente, sem mágoas do passado, pronta para assumir um relacionamento de compromisso, de amor, fidelidade e renúncias.

Não importa o aspeto físico, como altura, peso, cor da pele, cabelos, etc. É lógico que deve existir atração física para que haja um relacionamento amoroso. Mas entendo que colocar barreiras na questão estética pode me impedir de conhecer pessoas especiais, ainda que não estejam dentro dos padrões de beleza da sociedade.

O que a pessoa precisa ter é auto-estima elevada, que se aceite como é e que se ame, antes de pensar em amar e ser amada por alguém.

Não importa, a princípio, onde a pessoa more, nem sua escolaridade, cultura, status social ou situação econômica. Tudo deve acontecer de modo natural e espontâneo, pois o interesse e a afinidade devem fluir automaticamente.

Quero uma namorada que seja minha amiga e companheira, e que depois seja minha noiva e esposa (ou mulher). Também serei seu namorado e amigo, noivo e esposo (ou marido). Que possamos ter um filho (ou filhos), independente se ela já tiver. Mas, se não tiver filhos ainda, e também não puder ou não quiser, essa questão não é essencial, até porque poderíamos adotar uma criança. O que mais importa é que tenhamos um ao outro para fazer companhia.

Penso em ter filhos, independente de filhos que a mulher tenha. Não importa se o estado civil é solteira, viúva, ou divorciada. O que importa é que seja livre e desimpedida.

O mais importante, a princípio, é que a pessoa professe a mesma fé, que seja cristã protestante, ou seja, evangélica, independente da denominação.

Entre em contato, para conversar e descobrir se vale ou não a pena seguir em frente.

Tenho 40 anos, 1,50m de altura, cerca de 60kg.

Estou concluindo a faculdade de Licenciatura em Ciências Sociais, na UFRJ, me formando como Professor de Sociologia.









 

Tenho Osteogênesis Imperfecta, que é uma má formação óssea congênita, que contribuiu para minha baixa estatura, e deixou minhas pernas em forma de arco. Até os dois anos de idade, era uma criança comum, minhas pernas ainda estavam certinhas. Até os 17 anos eu não tinha limitações. Jogava bola e subia em árvores.

Passei por algumas cirurgias corretivas de fêmur, sendo a primeira aos 17 anos (1993). A segunda cirurgia foi aos 28 anos (2005), e até então eu ainda andava de bicicleta. Em razão da minha deficiência, uso muletas desde 2001.

Minha última cirurgia foi em 2012, aos 36 anos. Os médicos querem me operar novamente, para mais uma correção, mas no momento não é prioridade em minha vida.

Sou Assembleiano desde 2009, quando houve minha conversão após um processo de uma experiência espiritual com Deus, pouco depois de uma grande desilusão amorosa, que no meu caso foi o que me aproximou de Deus por meio da fé na salvação em Jesus Cristo.

Um breve currículo:

Membro da Primeira Igreja Evangélica Assembleia de Deus em Austín, congregação Mariléia. (2009-2017)

Graduando em Licenciatura em Ciências Sociais – Instituto de Filosofia e Ciências Sociais / Universidade Federal do Rio de Janeiro. (2012-2017)

Técnico em Hardware (Montagem e Manutenção de Computadores) – FAETEC/RJ (2012)

Operador de Suporte Técnico em Tecnologia da Informação (Help Desk) – SENAI/RJ (2012)

Revendedor Central Gospel, CPAD e Up! Essência

Gostaria de receber mensagens de pretendentes, mas deixo contatos para tirar alguma dúvida.

0 41 (21) 98662-8506 (TIM)

0 21 (21) 99183-3155 (Claro e WhatsApp)

Blogger: eusouleandromaia.blogspot.com / omissionariotransparente.blogspot.com

Facebook: facebook.com/djleandromaia

Site: sites.google.com/site/eusouleandromaia

Twitter: twitter.com/djleandromaia

whatsapp-image-2017-01-13-at-13-18-00-1

Por enquanto é isso. Mas logo vou atualizar e acrescentar mais informações a meu respeito.

”Espera no SENHOR, anima-te, e ele fortalecerá o teu coração; espera, pois, no SENHOR.” (Salmos 27:14)

Anúncios

Read Full Post »

Fui questionado sobre minha conversão, e que eu interpretaria A Palavra de Deus, a Bíblia, de acordo com o que seria conveniente para mim, e então respondi:

Conveniência não.

Acha que foi por mim mesmo que me converti?

Por mim mesmo eu continuaria a viver do mesmo jeito, sendo influenciado por esse mundo (sistema) de ilusões passageiras e terrenas, mesquinhas e pequenas.

Deus nos permite passar por muita coisa; porém, quando Ele tem um plano para nós, um chamado, às vezes é questão de tempo até que reconheçamos que somos totalmente dependentes da vontade dEle.

Quando pedi socorro, Ele me atendeu. E foi aí que eu comecei a ser transformado, de dentro para fora. Eu fui ”levado” até à igreja, porque pela 1ª vez eu não queria ir, não estava em meus planos. Mas quando percebi, já estava sendo tratado por Jesus, e me vi finalmente alcançado pelo Evangelho transformador, que me livrou das culpas, me proporcionando uma verdadeira experiência regeneradora de vida, de alma.

O processo se iniciou quando sofri a pior crise emocional e existencial da minha vida, com vontade de suicídio, pois ainda vivia com meu coração preso às emoções, paixões, pessoas e ilusões da vida.

Mas quando liberei o perdão para aquela pessoa que teria sido responsável por me levar ao fundo do poço da desilusão, então eu me senti como se estivesse sendo purificado por dentro, tendo as mágoas e recentimentos varridos para fora do meu coração, do meu pensamento e da minh’alma.

Daí comecei a viver de modo espiritual. Comecei a compreender as coisas que são incompreensíveis para aqueles que não aceitam a verdade, pois ela às vezes vai de encontro com nossa conduta de vida, hábitos, costumes, comportamento, etc.

Mas, mesmo quando vivia em total desacordo com A Palavra de Deus, eu a tinha como verdade, mas não me aprofundava porque era difícil abrir mão de coisas que faziam parte de um estilo de vida que, no fundo me fazia sentir muito mal, infeliz e vazio.

Eu já aceitava que Jesus era filho de Deus, enviado para salvar o homem do pecado, mas parece que eu não tinha forças para deixar ele mudar minha vida.

Você acha que eu não me questionava sobre certas coisas, como a importância da leitura da Bíblia, ou em relação a pertencer a alguma denominação evangélica?

Muito raramente eu visitava algumas igrejas, mas talvez por ainda estar de coração fechado, Deus não agia.

E mesmo me questionando, era como se eu soubesse que, mais cedo ou mais tarde eu tomaria essa decisão. Afinal, eu percebia que a humanidade estava tomada pelo pecado, pelo ódio, mentiras, e tudo mais que leva o ser humano à perdição, à morte e à condenação.

Questionar e buscar conhecimento é fundamental, mas o princípio é crer em Jesus como agente transformador. É crer que a Bíblia é nossa bússola, nosso alimento espiritual, nossa regra de fé e conduta. Mas para isso é necessário reconhecer quando se está distante da vontade de Deus.

Deus fez os céus e a Terra, criou o homem e a mulher, e mesmo depois de o homem ter pecado tanto, aborrecendo a Deus, Ele enviou Jesus, como parte do seu plano para salvar a todos que admitissem ser pecadores, crendo assim que há um lugar melhor que esse, onde viveremos para todo o sempre em alegria plena.

Deus só faz a mudança quando o permitimos que faça, pois Ele nos deixa livres para escolher o caminho.

Como eu lhe disse, só se começa a enxergar isso quando deixamos o Espírito Santo agir em nós.

Não fui ”influenciado” por ninguém, e mesmo tendo familiares, amigos, colegas e conhecidos que professam a fé em Jesus como SENHOR, não foi pela pregação de nenhum deles que se deu minha conversão, mas sim pela misericórdia de Deus, que pela ação do Espírito Santo me levou a Cristo, que tem me transformado para melhor, a cada dia.

Fé não se discute, mas quando somos confrontados e questionados sobre isso, não podemos nos calar.

Respeito a sua posição, então respeite a minha, e talvez não se falará mais nisso. Contudo, sempre que puder procurarei defender a minha fé, e não negarei a Jesus, ainda que eu tenha que morrer por amor à obra de Deus, porque não me apego mais às coisas físicas, materiais, porque minha esperança está além daquilo em que posso tocar, mas que posso sentir e viver, aguardando que se cumpram todos os propósitos de Deus.

Lєαη∂яσ Mαια Gσηçαℓνєѕ

Read Full Post »

Eleitor consciente não é aquele que apenas participa em todas as eleições, votando em seu (s) candidato (s), mas é aquele que procura acompanhar o mandato dos nossos políticos, assim como os principais assuntos de interesse de nosso país, estado, cidade ou bairro.

E isso pode ser feito também acompanhando matérias que tramitam nas câmaras municipais, federais, nas assembleias legislativas estaduais e no Senado Federal.

Não queria entrar no mérito da questão, mas apenas incentivar aos brasileiros para que procurem se informar sobre temas de interesse comum, que podem ter resultado bem diferente se forem acompanhados e discutidos entre a sociedade civil e nossos representantes no governo.

Porém, não posso deixar de opinar a respeito.

Penso que nossa Constituição Federal já prevê punição para crimes relacionados ao preconceito, discriminação, ou a qualquer espécie de violência que possa gerar trauma psicológico ou exclusão social. Afinal, todos deveríamos ser iguais perante a lei, assim como somos diante de Deus, O Criador.

Já pensou se eu exigisse que existisse uma lei específica para cada grupo que se sente discriminado?

Aonde isso iria parar?

Alegando de defender, eles estão querendo que as pessoas não possam mais expressar sua opinião, coisa que é garantida pela lei.

Pensem bem, e vamos evitar que o Brasil volte no tempo…


Leandro Maia Gonçalves

Aqui está uma matéria muito polêmica que eu tento acompanhar, e que ainda está em andamento no Senado, e que parece ter sido gerada por iniciativa de grupos de defesa dos direitos dos homossexuais, ou algo parecido.


SENADO FEDERAL

Secretaria-Geral da Mesa

Acompanhamento de Matérias

As seguintes matérias de seu interesse sofreram ações em: 10/05/2011

SF PLC 00122 2006

Ementa: Altera a Lei nº 7.716, de 5 de janeiro de 1989, que define os crimes resultantes de preconceito de raça ou de cor, dá nova redação ao § 3º do art. 140…

10/05/2011 CDH – Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa

Situação: PRONTA PARA A PAUTA NA COMISSÃO

Devolvido pela Senadora Marta Suplicy, com Relatório concluindo pela Aprovação da matéria, na forma da Emenda nº 01-CAS (Substitutivo) e a Subemenda que apresenta. Juntei a cópia do Relatório fls. 25-30.

————————————————————————————————

SENADO FEDERAL

Secretaria-Geral da Mesa

Acompanhamento de Matérias

As seguintes matérias de seu interesse sofreram ações em: 31/05/2011

SF PLC 00122 2006

Ementa: Altera a Lei nº 7.716, de 5 de janeiro de 1989, que define os crimes resultantes de preconceito de raça ou de cor, dá nova redação ao § 3º do art. 140…

19/05/2011 CDH – Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa

Situação: AUDIÊNCIA PÚBLICA

Devolvido pela Senadora Marta Suplicy para anexar o Requerimento nº 69-CDH, DE 2011, autoria do Senador Magno Malta e outros Senhores Senadores, aprovado no dia 19-05-2011, para instruir a matéria com a realização de Audiência Pública. Juntei o Requerimento fls. 37. Matéria sobrestada aguardando a realização da Audiência Pública.

————————————————————————————————-

SENADO FEDERAL

Secretaria-Geral da Mesa

Acompanhamento de Matérias

As seguintes matérias de seu interesse sofreram ações em: 08/06/2011

SF PLC 00122 2006

Ementa: Altera a Lei nº 7.716, de 5 de janeiro de 1989, que define os crimes resultantes de preconceito de raça ou de cor, dá nova redação ao § 3º do art. 140…

07/06/2011 CDH – Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa

À Subsecretaria de Coordenação Legislativa, para abertura de processo especial conforme art. 263 do RISF.

07/06/2011 ATA-PLEN – SUBSECRETARIA DE ATA – PLENÁRIO

A Presidência recebeu o manifesto “Em defesa da liberdade de expressão, religiosa e institucional, da livre manifestação do pensamento e contra a aprovação do Projeto de Lei da Câmara nº 122/2006”, em audiência realizada no dia 1º de junho. Nos termos do art. 263 do Regimento Interno, o manifesto será autuado como processo especial e acompanhará o Projeto de Lei da Câmara nº 122, de 2006, que se encontra tramitando na Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa. À CDH, nos termo…

07/06/2011 SSCLSF – SUBSEC. COORDENAÇÃO LEGISLATIVA DO SENADO

Encaminhado ao Plenário.

————————————————————————————————–


SENADO FEDERAL

Secretaria-Geral da Mesa

Acompanhamento de Matérias

As seguintes matérias de seu interesse sofreram ações em: 09/06/2011

SF PLC 00122 2006

Ementa: Altera a Lei nº 7.716, de 5 de janeiro de 1989, que define os crimes resultantes de preconceito de raça ou de cor, dá nova redação ao § 3º do art. 140…

07/06/2011 CDH – Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa

Situação: AUDIÊNCIA PÚBLICA

Recebido na CDH. A matéria continua sobrestada, aguardando a realização de Audiência Pública (Requerimento nº 69-CDH, DE 2011).

————————————————————————————————-

SENADO FEDERAL

Secretaria-Geral da Mesa

Acompanhamento de Matérias

As seguintes matérias de seu interesse sofreram ações em: 13/06/2011

SF PLC 00122 2006

Ementa: Altera a Lei nº 7.716, de 5 de janeiro de 1989, que define os crimes resultantes de preconceito de raça ou de cor, dá nova redação ao § 3º do art. 140…

13/06/2011 CDH – Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa

Situação: AUDIÊNCIA PÚBLICA

Recebido nesta data, proveniente da Secretaria Geral da Mesa, manifesto do Sr. Jorge Vidal, de São João de Merití – RJ, contrário ao PLC nº 122, de 2006, pela sua inconstitucionalidade. Anexei as folhas 38 a 48. A matéria continua sobrestada, aguardando a realização de Audiência Pública (Requerimento nº 69-CDH, DE 2011).

————————————————————————————————-


SENADO FEDERAL

Secretaria-Geral da Mesa

Acompanhamento de Matérias

As seguintes matérias de seu interesse sofreram ações em: 28/06/2011

SF PLC 00122 2006

Ementa: Altera a Lei nº 7.716, de 5 de janeiro de 1989, que define os crimes resultantes de preconceito de raça ou de cor, dá nova redação ao § 3º do art. 140…

28/06/2011 CDH – Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa

Anexei Ofício Coletivo nº 002/2011, da Câmara Municipal de Muqui-ES, fls. 49/50, em desfavor do PLC nº 122/2006.

28/06/2011 CDH – Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa

Anexei carta da Senhora Santana do Rosário Silva, fls. 51, moradora de Ananindeua – PA, em desfavor do PLC nº 122/2006.

————————————————————————————————-

Site do Senado Federal: http://www.senado.gov.br

Read Full Post »

Altamiro Borges: Quem são os “investidores” que ouviram FHC

terça-feira, 19 de outubro de 2010

Reproduzo artigo de Carlos Lopes, publicado no jornal Hora do Povo:

Depois de mais de trinta anos em que Serra mostrou-se, reiteradamente, um mentiroso sem escrúpulos, é inútil discutir, como se fosse sério, algo que ele fala. Serra não apresenta programas, apresenta mentiras. Seu verdadeiro programa só é revelado, como dizia um velho senador, “nas cafuas onde a lepra social se junta”.

Na mesma hora em que Serra jurava ser apaixonado pelas estatais (depois de ser responsável por 109 privatizações), seu velho protetor, Fernando Henrique Cardoso, juntava uma centena e meia de “investidores” estrangeiros para falar sobre as oportunidades que um governo Serra abriria para a privatização da Petrobrás, Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Eletrobrás, etc., etc., etc.

Nunca houve, no Brasil, um candidato a presidente mais mentiroso. E ainda há quem tenha birra do Maluf. Comparado com Serra, Maluf merece ser canonizado.

Assim, Serra promete R$ 600 de salário-mínimo, sem dizer qual é a sua política para o salário-mínimo. Lula e Dilma têm uma política: a de valorizá-lo crescentemente. Mas Serra não apresenta nenhuma, pois a sua é aquela que praticou como ministro, governador e prefeito: arrochar os salários, e, se possível, acabar com o salário-mínimo, que sempre achou um atraso.

Nem vamos falar desse ridículo 13º para o Bolsa Família, partindo de quem sempre odiou o Bolsa Família, pois, como disse sua mulher, “as pessoas não querem mais trabalhar e ficam ensinando isso aos filhos”. Onde será que ela ouviu tais considerações, a ponto de achar normal externá-las em público?

A mesma coisa pode-se dizer em relação aos 10% para os aposentados. Qual a política de Serra para as aposentadorias? Ele não diz nada sobre isso porque é a mesma que apoiou e aplicou no governo Fernando Henrique: achatá-las, chamar os nossos idosos de vagabundos e depredar a Previdência pública. A sua posição jamais diferiu do seu guia: a de arrasar a Previdência pública.

O primeiro a divulgar a reunião de Fernando Henrique com os “investidores”, ainda na noite de domingo, foi o veterano jornalista mineiro Laerte Braga: “O evento é fechado, o assunto é a privatização da Petrobrás, de Itaipu e do Banco do Brasil, além de outras ‘oportunidades’ de negócios. FHC está assumindo o compromisso de venda dessas empresas em nome de José Serra. Cada um dos investidores recebeu uma pasta com dados sobre o Brasil, artigos de jornais nacionais e internacionais e descrição detalhada do que José Serra vai vender se for eleito. E além disso os investidores estão sendo concitados a contribuir para a campanha de José Serra, além de instados a pressionar seus parceiros brasileiros e a mídia privada a aumentar o tom da campanha contra Dilma Rousseff”.

Braga citava uma das frases de Fernando Henrique aos estrangeiros: “Se deixarmos passar a oportunidade agora jamais conseguiremos vender essas empresas”.

Enquanto isso, Serra dizia na TV que é mais estatista do que Luís XIV, que é contra a privatização de qualquer empresa, que é tudo calúnia do pessoal da Dilma – e outras mentiras.

A incredulidade com que alguns receberam a notícia divulgada por Laerte Braga, se desfez quando, na segunda-feira, o Click Foz, um portal de notícias de Foz do Iguaçu, entrou em contato com o gerente do hotel, que confirmou “um evento com a participação do ex-presidente ontem, e disse ainda que a reunião foi fechada e contou com a participação de vários estrangeiros”.

A reunião foi tão fechada que – exceto, naturalmente, os seus participantes e o hotel – ninguém em Foz do Iguaçu sabia da presença de Fernando Henrique.

Também na segunda, funcionários do hotel disseram ao jornalista Luiz Carlos Azenha que “um grupo de investidores estrangeiros esteve hospedado, para participar de um evento. A funcionária sugeriu que uma consulta fosse feita à assessoria do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso”.

A assessoria de Fernando Henrique, respondendo à jornalista Conceição Lemes, divulgou, só então, a seguinte declaração do grande eleitor de Serra: “Fiz, sim, uma palestra em Foz do Iguaçu, para um grupo de jovens investidores de São Paulo, Tarpon, que lidam especialmente com fundos de pensão de universidades e professores. Havia mais de cem pessoas presentes, e os temas discutidos nada tinham a ver, obviamente, com as infâmias propaladas. Tratou-se de mais uma palestra na qual eu reafirmo a minha confiança no futuro do Brasil, aliás, como disse lá, ganhe quem ganhar!”.

A reunião era tão secreta que não constava da agenda de Fernando Henrique. Nunca se viu tanto segredo para manifestar a confiança no futuro do Brasil! Sobretudo por quem nunca teve alguma.

Quem eram os ouvintes de Fernando Henrique, enquanto seu pupilo berrava na TV que era invenção que ele é a favor de privatizar a Petrobrás e suas co-irmãs?

O organizador, Raphael Eckmann, é funcionário da Tarpon Investimentos, que se diz uma “empresa brasileira”. O nome da empresa é retirado de uma cidade da Flórida. Eckmann já foi gerente comercial da Globosat, mas, antes disso, era empregado da Câmara Americana de Comércio e “analista-senior” da Binswanger Management Corporation, um grupo da Pennsylvania, dedicado a intermediar a compra de empresas, que tem como “clientes” (“apenas para citar uns poucos”, segundo o seu site) a Motorola, Shell, Intel, ExxonMobil, Nextel, Crown Cork & Seal, Hoechst, Comcast e Wal-Mart.

Outra presença – que dificilmente pode ser chamada de “jovem” investidor ou jovem qualquer outra coisa – é Alice W. Handy, fundadora e presidente da Investure. Esta empresa é uma LLC [limited liability company], algo que só existe nos EUA, e que pode ser descrita, mais ou menos, como uma ONG da especulação. Mas a Investure não é qualquer ONG especulativa: é um braço do Rockefeller Brothers Fund. A senhora Handy é funcionária da Fundação Rockefeller – e já foi secretária do Tesouro da Virgínia.

Outro nome na plateia de Foz do Iguaçu: Keith Johnson – um redator do “The Wall Street Journal”, o que dispensa maiores apresentações.

Por fim, Anjum Hussain – um especialista em “investir” dinheiro dos fundos de pensão americanos, atualmente “diretor de gerenciamento de risco” de uma administradora de fundos.

Essa gente não foi a Foz do Iguaçu ouvir Fernando Henrique falar da sua confiança no Brasil. Estão se lixando para isso. E não ouviram que “ganhe quem ganhar” é a mesma coisa, até porque se há algo que Fernando Henrique sabe, é que isso não é verdade – e por isso está apoiando Serra.

Eles foram lá para ver que vantagens teriam se apoiassem Serra – e sabe-se que apoio esse pessoal fornece. Que vantagens poderiam ter, antes de qualquer outra, senão levar as estatais que não conseguiram levar no governo de Fernando Henrique?

No Brasil não existe obstáculo para que eles comprem empresas privadas. Têm comprado mais do que interessa ao nosso país, e, para isso, não precisam sair da Pennsylvania, da Virgínia ou de Nova Iorque. Então, para que vir ao Brasil? Não seria para ouvir alguma xaropada de Fernando Henrique – pois, com magnatas e executivos, ou ele fala algo que interesse a eles ou nem vão aparecer. E apareceram 150, atraídos como formigas por açúcar.

Em suma, Fernando Henrique estava pedindo dinheiro para a campanha de Serra – expondo qual o seu verdadeiro programa: a privatização.

Altamiro Borges

http://altamiroborges.blogspot.com/2010/10/quem-sao-os-investidores-que-ouviram.html

Read Full Post »

Deixo aqui meu abraço de agradecimento para todos que compareceram ao 1º Culto do Grupo Jovem do ano de 2010, que foi realizado neste sábado, dia 23 de janeiro, na Igreja Assembleia de Deus em Mariléia, na Est. Luiz Mário da Rocha Lima, Nº 1000, próximo ao antigo Mercado do Mário, em Austin, Nova Iguaçu – RJ.

”Foi um culto abençoado, onde muitos corações foram transformados e muitas vidas restauradas para a honra e glória do Senhor Jesus”.

Deus ama vocês! E eu também!!!

Que a paz de Cristo habite em nossos corações! Amém!

(Lєαη∂яσ Mαια Gσηçαℓνєѕ)

Read Full Post »

Convido aos amigos a participarem do 1º Culto Jovem do ano, que será realizado no próximo Sábado dia 23 de Janeiro.
Local: Igreja Assembleia de Deus na Mariléia.
Endereço: Est. Luiz Mário da Rocha Lima, 1000. Próximo ao antigo Mercado do Mário, em Austin-Nova Iguaçu/RJ.
”Abra seu coração, e deixe Deus mudar o rumo de sua vida”.
Conto com vocês!
Que a paz de Cristo esteja com vocês! Amém!

Read Full Post »

Mas porque não tentamos ser assim o ano inteiro?

Vamos procurar conviver bem com nossos familiares, amigos, vizinhos, colegas de escola e de trabalho, namorado (a), patrão, chefe, enfim. Com todos que convivem ou não com a gente.

Porque se é pra passar o ano inteiro sem falar ou de mal com alguém, e deixar pra se abraçar e beijar só na época de Natal e Ano Novo, então eu considero que será uma atitude que não vem do coração.

Não tem dia e nem hora pra conversar, se entender, se abraçar, se beijar, ser amigo, deixar as diferenças de lado e tentar ser inteligente e social.

Afinal, um dia, qualquer um de nós poderá precisar de um favor, um socorro, uma ajuda, uma palavra de consolo, um abraço, um beijo. E quem estiver próximo de nós poderá ser justamente aquela pessoa com quem não imaginaríamos um dia precisar falar. Seja por um erro que um de nós tenha cometido, uma injustiça, ou simplesmente por orgulho, burrice!

Vamos tentar viver bem com todos, mesmo que você não concorde com todas as atitudes de alguém.

E você! Já parou pra pensar que também erra, comete injustiças, magoa, maltrata, humilha, discrimina, acusa, rotula, ignora, machuca, seja com palavras, gestos, atitudes, ou mesmo fisicamente alguém?

Eu também já cometi muitos desses erros. E pretendo me corrigir a cada dia.

Sei que não é fácil. Mas é preciso dar o primeiro passo.
Então dê você o primeiro passo para um mundo melhor, pois acredito que quando o ser humano mudar de atitude, teremos todas as condições de esperar por um futuro mais humano e melhor para todos que aqui habitam.

Agradeço a paciência de vocês!

FAÇA SUA PARTE, CIDADÃO!!!

(Lєαη∂яσ Mαια Gσηçαℓνєѕ)

Read Full Post »

Older Posts »

%d blogueiros gostam disto: