Feeds:
Posts
Comentários

Archive for outubro \28\UTC 2011

Quarta-feira, 26 de outubro de 2011

A presidenta sancionou hoje, em cerimônia no Palácio do Planalto, a lei que cria o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e ao Emprego (Pronatec) pelo qual o governo pretende dar condições para que jovens e trabalhadores cheguem mais capacitados ao mercado de trabalho.

O programa pretende aumentar a produtividade da economia e a renda da população, além de fomentar e apoiar a expansão da rede física de atendimento da educação profissional e tecnológica.

Até 2014, o governo federal vai investir R$ 24 bilhões no programa, destinados à oferta de 8 milhões de vagas em cursos de formação técnica e profissional, sendo 30% dos investimentos aplicados nas regiões Norte e Nordeste.

O Pronatec vai destinar, ainda, 1,1 milhão de vagas em cursos de educação profissional para os beneficiários do programa Brasil sem Miséria. Para isso, serão firmadas parcerias com as prefeituras, responsáveis pela mobilização da população adulta do Bolsa Família que terá acesso aos cursos.

Leia mais sobre o Pronatec.

Read Full Post »

Preconceito

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Preconceito (prefixo pré- e conceito) é um “juízo” preconcebido, manifestado geralmente na forma de uma atitude “discriminatória” perante pessoas, lugares ou tradições considerados diferentes ou “estranhos”. Costuma indicar desconhecimento pejorativo de alguém, ou de um grupo social, ao que lhe é diferente. As formas mais comuns de preconceito são: social, “racial” e “sexual”.
De modo geral, o ponto de partida do preconceito é uma generalização superficial, chamada “estereótipo”. Exemplos: “todos os alemães são prepotentes”, “os americanos formaram grandes grupos arrogantes”, “todos os ingleses são frios”. Observar características comuns a grupos são consideradas preconceituosas quando entrarem para o campo da agressividade ou da discriminação, caso contrário reparar em características sociais, culturais ou mesmo de ordem física por si só não representam preconceito, elas podem estar denotando apenas costumes, modos de determinados grupos ou mesmo a aparência de povos de determinadas regiões, pura e simplesmente como forma ilustrativa ou educativa.
Observa-se então que, pela superficialidade ou pela estereotipia, o preconceito é um erro. Entretanto, trata-se de um erro que faz parte do domínio da crença, não do conhecimento, ou seja ele tem uma base irracional e por isso escapa a qualquer questionamento fundamentado num argumento ou raciocínio.
Os sentimentos negativos em relação a um grupo fundamentam a questão afetiva do preconceito, e as ações, o fator comportamental. Segundo Max Weber (1864-1920), o indivíduo é responsável pelas ações que toma. Uma atitude hostil, negativa ou agressiva em relação a um determinado grupo, pode ser classificada como preconceito.
Segundo Paradela e colaboradores (2006), alguns buscam utilizar a ciência, especialmente a “genética”, para criar situações que justifiquem o preconceito. De tal forma, os autores definem que que os fundamentos evolutivos para o surgimento da espécie humana e os aspectos genéticos a respeito da expressão de genes fornecem respaldo para a afirmação de que não há raças humanas. Adicionalmente, a classificação dessas supostas raças por características como cor de pele e inteligência não é aceitável.

Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Preconceito

Read Full Post »

Tive 113 respostas corretas no ENEM:

    33 (Ciências Humanas e suas Tecnologias)

+ 20 (Ciências da Natureza e suas Tecnologias)

    35 (Linguagens, Códigos e suas Tecnologias)

    25 (Matemática e suas Tecnologias)

  ____

    113

Agora falta saber como fui na redação…

E você, como se saiu?

Veja as provas e os gabaritos:

enem.inep.gov.br

Read Full Post »

Acesse o site e confira!!!

http://enem.inep.gov.br/

Read Full Post »

RIO – A Quarta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) aprovou, nesta terça-feira, em decisão inédita, por 4 votos a 1, o casamento civil entre duas mulheres. O único voto contra foi do ministro Raul Araújo que voltou atrás de seu voto favorável sobre a união, alegando que a decisão cabe ao Supremo Tribunal Federal (STF).
O recurso foi pedido por duas mulheres do Rio Grande do Sul, que tiveram o pedido de habilitação para o casamento negado em primeira e segunda instância. A decisão do tribunal gaúcho disse que não havia possibilidade jurídica para o pedido. No recurso especial, elas sustentaram não existir impedimento legal para o casamento entre pessoas do mesmo sexo e se basearam na regra de direito privado que diz ser permitido o que não é expressamente proibido.
Em seu voto, o relator do caso, ministro Luis Felipe Salomão ressaltou que um dos objetivos fundamentais da República é promover o bem de todos, sem preconceitos de origem, raça, sexo, cor, idade e quaisquer outras formas de discriminação.
– É importante ressaltar, ainda, que o planejamento familiar se faz presente tão logo haja a decisão de duas pessoas em se unir, com escopo de constituir família, e desde esse momento a Constituição lhes franqueia ampla liberdade de escolha pela forma em que se dará a união – afirmou.
Além do relator, foram favoráveis ao casamento o ministro Marco Buzzi e os ministros Isabel Gallotti e Antonio Carlos Ferreira.

Fonte: Yahoo! Notícias

Minha Opinião:

Independente de questão religiosa ou moral, ou de fé ou de preferência, confiram se não é inconstitucional.

Se não me engano, a Constituição Federal diz que casamento é a união reconhecida entre homem e mulher. Afinal, como a humanidade se reproduz? Como forma a família?

Por acaso nasce uma criança da união entre dois homens ou duas mulheres?

Imaginem se todos fossem se unir a uma pessoa do mesmo sexo? Acabaríamos com a espécie humana!!!

Lєαη∂яσ Mαια Gσηçαℓνєѕ

“Depois o SENHOR disse: — Não é bom que o homem viva sozinho. Vou fazer para ele alguém que o ajude como se fosse a sua outra metade.”

“É por isso que o homem deixa o seu pai e a sua mãe para se unir com a sua mulher, e os dois se tornam uma só pessoa.”

(Gênesis 2:18,24)

Read Full Post »

Nova Bíblia Viva

Nova Bíblia Viva – Edição especial (Lançamento)

Lançada em 1981, a Bíblia Viva foi a primeira edição brasileira da Bíblia Sagrada a contar com linguagem simplificada e de fácil compreensão.
Ela foi concebida de acordo com os princípios de tradução que serviram de base para a pioneira Living Bible (EUA, 1971). 
O apelo da Bíblia Viva foi imediato, principalmente entre jovens e pessoas recém-convertidas ao cristianismo que desconheciam os termos eruditos e as construções sintáticas formais das versões bíblicas mais antigas.
Para muitos leitores, abrir a Bíblia Viva passou a ser como respirar, pela primeira vez, o ar puro da compreensão. 
Duas razões motivaram esta revisão, empreendida em comum acordo entre a Sociedade Bíblica Internacional e a Editora Mundo Cristão. Em primeiro lugar, a língua portuguesa do Brasil é dinâmica, como todos os idiomas modernos, e muda de modo incremental e constante de acordo com os hábitos de uso do publico que fala, lê, ouve e escreve.
Percebemos que na Bíblia Viva havia elementos de linguagem já ultrapassados. O que era moderno e comunicativo no início dos anos 1980 já não era necessariamente tão expressivo.
Havia a necessidade de trazer a Bíblia efetivamente para o século 21. Em segundo lugar, determinamos a necessidade de trazer algumas opções semânticas e sintáticas da primeira edição a um alinhamento maior com as línguas originais das Escrituras. 
Como resultado, a Nova Bíblia Viva é tão simples e fácil de entender como sempre, e agora está ainda mais fiel aos originais redigidos em hebraico, aramaico e grego.
Houve outras alterações. Na primeira edição, a indicação de versículos seguia a lógica da unidade de pensamento. Em vez de indicar versículos individuais, era feita a sinalização de blocos de versículos (ex.: 1-4, 12-15).
Na Nova Bíblia Viva, a divisão em parágrafos adequados foi mantida, mas foram inseridos os números de versículos de acordo com a divisão tradicional. 
Houve também uma nova diagramação de texto, com fonte sem serifa para maximizar a quantidade de texto por página e ao mesmo tempo tornar mais agradável a experiência da leitura. 
O que o leitor recebe agora, portanto, é uma Bíblia de leitura agradável e fácil entendimento, como foi a edição de 1981, agora reconfigurada para os dias atuais.
A Palavra de Deus é muito mais que um registro histórico de documentos da antiguidade. Contém nada menos que a vontade revelada de Deus para todos os seus filhos. Na Nova Bíblia Viva, sua palavra se torna mais clara que nunca.

Páginas: 1056

Tamanho: 14x21cm

Ano: 2011

Minha opinião:

Essa passou a ser a minha tradução favorita da Bíblia, devido a sua fácil linguagem, não perdendo o conteúdo, pois preserva o texto original, mesmo sendo atualizada, em seu contexto, para os dias atuais.

Eu comprei pelo site da Editora Mundo Cristão (clique aqui) por R$ 19,90 (sem contar o frete).

Vi que ela também estava disponível no catálogo da Avon, por R$ 16,99.

E mais recentemente eu vi no site Amo Família (clique aqui) por apenas R$ 11,90 (Sem contar o frete).

Independente de onde você vai conseguir comprar, eu recomendo que não deixe de ter essa versão da Bíblia, mesmo que você possua outras traduções. Afinal, ainda que em linguagens ou versões diferentes, a essência é a mesma: A Palavra de Deus.

No momento, eu tenho as seguintes traduções:

  • Almeida Revista e Corrigida – Imprensa Bíblica Brasileira
  • Nova Tradução na Linguagem de Hoje – Sociedade Bíblica do Brasil
  • Almeida Revista e Atualizada – 2ª Edição – Sociedade Bíblica do Brasil
  • Almeida Revista e Corrigida – 4ª Edição – Sociedade Bíblica do Brasil
  • Tradução Brasileira – Sociedade Bíblica do Brasil
  • Nova Bíblia Viva – Editora Mundo Cristão

Que Deus te abençoe!

Lєαη∂яσ Mαια

Read Full Post »

Dia do Professor(a)

Poema ao Professor(a)

Acorda cedo, sai às pressas

para chegar na hora certa.

Ele é o professor!

Na escola ele ensina:

Geografia, Português,

Matemática, História, Inglês;

e espera o resultado

em ver todos aprovados.

Ele é o professor!

Se dedica com amor

à profissão que abraçou,

pois desde cedo queria

ter um espaço na vida

e ser um grande professor.

Aqui fica o meu recado,

por tudo, muito obrigado,

pelo que foi ensinado

por você, meu professor!

 

Ao mestre, com carinho!

Mestre…

É aquele que caminha com o tempo, propondo paz, fazendo comunhão, despertando sabedoria.

Mestre é aquele que estende a mão, inicia o diálogo e encaminha para a aventura da vida.

Não é o que ensina fórmulas, regras, raciocínios, mas o que questiona e desperta para a realidade.

Não é aquele que dá de seu saber, mas aquele que faz germinar o saber do discípulo.

Mestre é você, meu professor amigo, que me compreende, me estimula, me comunica e me enriquece com sua presença, seu saber e sua ternura.

Eu serei sempre um discípulo seu na escola da vida.

Obrigado, professor(a)!

Read Full Post »

Older Posts »

%d blogueiros gostam disto: